Bloco quer renegociar parcerias público privadas

O Bloco de Esquerda vai apresentar uma proposta para a renegociação das parcerias público privadas (PPP), disse hoje Francisco Louçã, alertando para a necessidade de corrigir o que considera ser "uma desgraça orçamental"

"Apresentaremos esta semana no Parlamento a motivação para uma renegociação das PPP porque é preciso corrigir rapidamente a desgraça orçamental que nos compromete durante 30 anos em mais 48 mil milhões de euros para os empreiteiros e empresas que gerem os hospitais", afirmou Louçã à margem de um debate na junta da freguesia da Damaia.

O líder do BE salientou que é preciso "fazer as contas certas" para "concentrar a economia no emprego e no combate à precariedade" e desvalorizou uma eventual crise política resultante do novo pacote de medidas de austeridade apresentado pelo governo.

"Já vivemos em crise política e económica e é por isso que o BE, mais do que estes arrufos da crise, está preocupado com as respostas essenciais".

Francisco Louçã considerou que a renegociação das PPP "é uma resposta imediata às pessoas que sentem que não há uma economia que respeite o trabalho". Por isso, acrescentou, "precisamos de contenção orçamental e não desperdiçar recursos" e renegociar as PPP "é importante para pôr as contas em dia".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG