Bastonário: Próximo PGR deve prosseguir luta contra politização do MP

O bastonário da Ordem dos Advogados disse hoje esperar que o próximo Procurador-geral da República (PGR) prossiga a "batalha intensa" de Pinto Monteiro contra a tentativa de "politização" e a "partidirização" do Ministério Público.

Marinho Pinto falava aos jornalistas na Assembleia da República, onde aguarda a sua audição na comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias sobre a reforma penal e processual penal e o novo código de execução de penas.

O bastonário dos advogados disse desconhecer os motivos pelos quais ainda não foi anunciado o nome do sucessor de Pinto Monteiro, cuja última palavra é da competência do Presidente da República, Cavaco Silva.

"Não deve bastar amar o Ministério Público para o Presidente da República" escolher o próximo PGR, ironizou Marinho Pinto, aludindo a uma declaração feita há algum tempo pela ministra da Justiça sobre o perfil ideal do próximo "inquilino" do Palácio de Palmela.

O bastonário dos advogados, cujo mandato tem sido marcado pelos elogios ao PGR e críticas à atual ministra da Justiça, disse esperar que o próximo PGR "siga o caminho" de Pinto Monteiro de "não permitir a politização e partidarização" do MP, que é o garante da legalidade democrática.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG