Banco Alimentar recolheu 579 toneladas de alimentos

O Banco Alimentar Contra a Fome de S.Miguel, nos Açores, recolheu 579 toneladas de alimentos, em 2011, que beneficiaram mais de 4.000 famílias sinalizadas, revelou hoje a instituição.

No âmbito de uma nova campanha de recolha de alimentos, que vai decorrer na próxima sexta-feira e fim de semana, o Banco Alimentar refere que além das recolhas anuais para "garantir um stock ao longo do ano" e "dar resposta aos pedidos diários de apoio alimentar", a instituição recebeu também donativos que permitiram recolher em 2011 um total de 579 toneladas de alimentos.

Na maior ilha açoriana, a instituição distribui todos os produtos recolhidos através da sua rede de 70 instituições parceiras em S. Miguel, que apoia localmente as famílias sinalizadas, através de cabazes, ou de refeições servidas nas próprias instalações (como nos centros de convívio de idosos ou lares de crianças e jovens).

O Banco Alimentar refere ainda que no ano passado foram apoiadas mais de 4.000 famílias.

A nova campanha de recolha de alimentos em S. Miguel, na sexta-feira, sábado e domingo, vai decorrer em 17 superfícies comerciais e vai mobilizar mais de 300 voluntários espalhados por postos de recolha, transporte e triagem dos alimentos no armazém.

Neste sentido, a instituição apela à população para que contribua com géneros alimentares não perecíveis, sendo os mais necessários, conservas de peixe, salsichas, legumes secos e enlatados, massas, arroz, azeite, óleo, bolachas, farinha, açúcar, e cereais, mas sobretudo leite.

Além desta recolha, podem ainda ser entregues donativos diretamente nas instalações do Banco Alimentar Contra a Fome, em Ponta Delgada, decorrendo também até dia 09 de dezembro com doações de alimentos online através do portal www.alimentestaideia.net, a par da Campanha Vale, numa cadeia de hipermercados, que se inicia a 01 de dezembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG