António José Seguro anuncia candidatura com "felicidade"

António José Seguro anunciou hoje, quinta-feira, a sua candidatura à liderança do Partido Socialista, num momento que considerou de "enorme felicidade".

"Sim, é verdade, sou candidato à liderança do PS", foram as palavras de António José Seguro no início de uma longa declaração aos jornalistas e militantes, em que afirmou ainda que é candidato "por vontade própria".

O socialista realçou que tem força, energia e disponibilidade total para conduzir o partido "neste momento difícil", e que este é o tempo certo para quem está na política com convicção.

"Candidato-me em nome daqueles que, em circunstancias difíceis, continuam a acreditar na liberdade e na fraternidade", disse o candidato, evidenciando ainda os esforços que é necessário fazer para que a Saúde, a Educação e a protecção social sejam acessíveis a todos, independentemente das capacidades económicas.

Seguro destacou também o papel dos jovens na sociedade. Para o candidato, "nenhum líder político pode dormir descansado quando a geração mais qualificada de sempre abandona o país pela falta de oportunidades".

O socialista propõe-se ainda a realizar "o sonho dos progressistas de esquerda", dizendo que "o bem de todos não pode ficar sujeito ao bem de alguns". Seguro afirmou querer dar "esperança a Portugal e aos portugueses" e instaurar um novo ciclo no Partido Socialista, tornando-o mais aberto à sociedade, e, fazendo com que este volte a ser o principal partido nas autarquias.

Num discurso que durou sensivelmente 35 minutos, Seguro finalizou ao cumprimentar o camarada Francisco Assis, reforçando a importância do partido e convocando todos os socialistas a participarem activamente na vida do PS.

O candidato, de 49 anos, é natural de Penamacor e licenciou-se em relações internacionais. É concorrente nas eleições directas do Partido Socialista, que decorrem nos dias 22 e 23 de Junho.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG