Anticiclone explica céu limpo e frio

A imagem de satélite é da tarde de ontem e mostra como o anticiclone localizado nas ilhas britânicas estende a sua influência à Península Ibérica, injectando ar frio e seco vindo do centro do continente europeu sobre Portugal e Espanha.

A "marca" do anticiclone é a ausência de nuvens nas áreas que afecta, como se pode ver nesta imagem retirada do site do Instituto de Meteorologia. Este anticiclone está quase estacionário, o que significa que o tempo frio vai manter-se nos próximos dias. O "nosso" anticiclone dos Açores, por outro lado, está mais longe e menos influente, como geralmente acontece no Inverno. No Continente, só no Algarve há nuvens, devido à influência de uma depressão localizada a sudoeste do País. Assim, só no Sul é provável que chova nos próximos dias, o que faz com que seja difícil nevar já que as temperaturas só atingem valores negativos no Norte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG