Ameaçou funcionária de loja com arma branca

Dois homens, com 28 e 30 anos, foram detidos em flagrante delito no sábado, pelo Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, devido à prática do crime de roubo com recurso a arma branca numa loja de venda e compra de ouro.

O roubo ocorreu pelas 10.50 na Avenida General Roçadas e, de acordo com um comunicado da PSP, "um indivíduo entrou numa loja de compra e venda de ouro, onde apenas se encontrava a funcionária, sob o pretexto de avaliar um anel. Quando a mesma o questionou sobre o que pretendia, o suspeito, através de ameaça com arma branca, exigiu-lhe que a mesma lhe entregasse todo o dinheiro"

Os agentes de investigação criminal da PSP aperceberam-se da situação enquanto faziam patrulha pelo local e intercetaram de imediato o suspeito na posse da arma branca, informa o mesmo comunicado, que faz referência a um "segundo suspeito que se encontrava a aguardar no interior de uma viatura" e que tentou abandonar o local, vindo a ser intercetado e detido pouco depois.

Os dois homens, segundo o que a PSP veio a constatar, coordenavam a sua atuação utilizando telemóveis adquiridos exclusivamente para a realização dos crimes. Quatro telemóveis foram apreendidos, bem como a arma branca utilizada para a prática do crime, juntamente com 70 euros em dinheiro e dois anéis.

Foi ainda possível reunir "fortes indícios e prova suficiente de que os indivíduos detidos serão os responsáveis pela prática de, pelo menos, mais 5 crimes da mesma natureza, sendo igualmente suspeitos de terem realizado outros 15 crimes idênticos", acrescenta a PSP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG