Alunos do secundário protestam em Oliveira do Douro

Um grupo de alunos da Escola Secundária de Oliveira do Douro, em Vila Nova de Gaia, concentrou-se hoje em frente às instalações daquele estabelecimento de ensino em protesto contra "as más condições da escola".

Em declarações à Lusa Iolanda Morais, presidente da Associação de Estudantes, lamentou a fraca adesão ao protesto, referindo que participaram apenas "algumas dezenas de alunos".

"Basicamente têm medo da repreensão dos pais, porque os colegas que participarem na manifestação vão chegar um pouco atrasados às aulas", justificou Iolanda Morais, aluna do 11.º ano.

Os estudantes protestaram contra as más condições da escola, nomeadamente contra a falta de funcionários, turmas com mais de 30 alunos e falta de aquecimento nas salas de aula, entre outras.

Segundo Iolanda Morais já se realizaram outras iniciativas para chamar a atenção para os problemas daquela escola. "Já foram feitos vários abaixo-assinados entregues (em anos letivos anteriores) na junta de freguesia, na Câmara Municipal e na Direção Regional de Educação do Norte (DREN)".

A dirigente da associação de estudantes admitiu que outros protestos possam vir a ser organizados, caso "alguns dos problemas" não sejam resolvidos.

A Lusa tentou obter outros esclarecimentos junto da escola, mas não se encontrava nenhum elemento da direção disponível.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG