Adesão à greve nos TST é de 65% para sindicato

A adesão à greve dos trabalhadores da empresa Transportes Sul do Tejo (TST), que começou às 03:00, ronda, segundo fonte sindical, os 65%, enquanto uma fonte da empresa situa os níveis nos 28,5%.

Em declarações à agência Lusa, João Saúde, do Sindicato dos Transportes Rodoviários e Urbanos de Portugal (STRUP), adiantou que às 07:30 a adesão à paralisação situava-se entre 60 a 65%.

"O que nos vais chegando de alguns locais de trabalho ainda de forma superficial é que esta greve vai ter uma greve que rondará provavelmente na ordem dos 60 ou 65%, mas como os plenários vão realizar-se no fim da manhã, só nessa altura será feito uma contabilidade de adesão à greve", referiu.

Por sua vez, uma fonte da empresa adiantou à Lusa que a paralisação dos trabalhadores dos TST é de 28,5%.

Os funcionários dos TST iniciaram hoje às 03:00 uma greve que termina às 03:00 de sábado e está inserida na semana de luta dos trabalhadores do setor dos transportes, com a realização de plenários e paralisações em várias empresas públicas e privadas.

De acordo com João Saúde da STRUP, os trabalhadores vão realizar plenários às 10:30 nas instalações rodoviárias do Laranjeiro, Setúbal, Sesimbra e Montijo, que podem decidir sobre a suspensão imediata do protesto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG