Marinha retoma na terça-feira buscas por pescadores

A operação de busca e salvamento dos pescadores desaparecidos ao largo da ilha de S. Jorge, nos Açores, foi hoje suspensa, quando caiu a noite, devendo ser retomada assim que amanhecer, disse à agência Lusa fonte da Marinha.

Uma embarcação com quatro pessoas a bordo naufragou a Este da ilha de S. Jorge no domingo à noite, tendo uma delas sido resgatada com vida por outro barco de pescadores. Os restantes três passageiros da embarcação continuam desaparecidos, ainda segundo a Marinha.

Todos os meios acionados para a busca e salvamento abandonaram a zona de operações ao pôr-do-sol, por falta de condições de visibilidade, retomando os trabalhos assim que amanhecer, disse à agência Lusa fonte do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento de Ponta Delgada.

Para o local onde se terá dado o naufrágio está a dirigir-se uma corveta da Marinha, que será usada na terça-feira no apoio à operação de busca dos pescadores, disse a mesma fonte.

A embarcação "Gracilaria" naufragou no domingo cerca da 20:00 (21:00 em Lisboa), tendo o alerta chegado à Marinha ao início da tarde de hoje.

Segundo fonte da base militar das Lajes, na Terceira, os pescadores serão de S. Mateus, uma freguesia desta ilha.

Exclusivos