Abuso sexual de menores aumentou em 2011

Os crimes de lenocínio e pornografia infantil e abuso sexual de menores subiram em 2011, apesar de, na globalidade, ter diminuido ligeiramente o total de participações ligadas à criminalidade sexual, refere o Relatório Anual de Segurança Interna.

De acordo com o documento, hoje apresentado, no ano passado houve mais 25 casos de lenocínio e pornografia de menores (passou de 65 para 89) e mais seis de abuso sexual de crianças (subiu de 777 para 783).

Tendo por base a informação colhida pela Polícia Judiciária (PJ) em sede de inquérito, a maioria das vítimas (43,9 por cento) tinha entre 8 e 13 anos de idade, em 20,6% dos casos as vítimas já tinham ultrapassado os 14 anos e em 15,9% dos casos tinham entre os 4 e os 7 anos de idade.

Na globalidade, as vítimas de criminalidade sexual em 2011 foram maioritariamente as mulheres (82,8%) e menores de 16 anos (59,4%).

Contudo, o RASI, analisando o número total de participações elaboradas pelos órgãos de polícia criminal referentes à criminalidade sexual refere uma ligeira redução (1,1%) relativamente a 2010.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG