A bebida suíça que chegou a Portugal para desafiar a gigante Red Bull

Chama-se ray just energy e começou a ser comercializada há pouco mais de dois anos. No mercado nacional existem várias bebidas energéticas, mas escolheu Portugal para iniciar as venda.

Poderíamos pensar num duelo de bebidas energéticas feito nos Alpes. Red Bull, cuja história começa na década de 1980, nasceu na Áustria. Ray just energy, lançada no mercado há pouco mais de dois anos, tem sede na Suíça. A primeira é líder de mercado em Portugal e a segunda aposta em tornar-se na primeira escolha dos consumidores. Mas este não é afinal um duelo alpino.

"Os proprietários da marca são russos, embora a sede da empresa seja na Suíça. A bebida é fabricada na Áustria por causa da qualidade da água e para que o sabor original seja semelhante às que já existem. E Portugal foi o país do Mundo a comercializá-la", explica Fernando Moreira, diretor da Ray just energy Portugal.

Apresentam-se como sendo uma "nova bebida energética à base de extratos naturais, sem taurina e glucuronolactone". Têm os mesmos preços da Red Bull, o grande concorrente que têm pela frente e que criou em 2001 a Red Bull Portugal.

"Mais de dez anos depois, a Red Bull é já uma marca incontornável no mercado das bebidas em Portugal. A sua notoriedade é de aproximadamente 90% e a experimentação tem vindo a subir significativamente. É a marca líder, com uma quota de valor de aproximadamente 62%. Nos últimos dois anos foram vendidas em Portugal cerca de 30 milhões de latas", diz Susana Prates, gestora de comunicação da Red Bull.

Leia mais pormenores na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG