3.º parte do Segredo será objeto de estudo diplomático

Está envolto num vidro especial e com especiais condições de segurança o manuscrito da "Terceira parte do Segredo de Fátima", escrito a 3 de janeiro de 1944 pela Irmã Lúcia, uma das três videntes de Fátima, quando ela estava em clausura em Tuy (Espanha).

O tesouro documental está exposto no piso inferior da nova basílica, no Santuário de Fátima, e, ao que o DN apurou, será objeto de estudo diplomático por parte da professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Maria José Azevedo Santos, historiadora e investigadora em Paleografia, Diplomática e Codicologia.

Aliás, soube também o DN, a investigadora foi uma das três pessoas que foi recentemente ao Arquivo Secreto do Vaticano, integrada na "embaixada" que trouxe o documento pela primeira vez a Fátima. A Roma foi também o Reitor do Santuário, padre Carlos Cabecinhas, e o diretor do museu de Fátima, Marco Daniel Duarte, que hoje mesmo assume a direção do Serviço de Estudos e Difusão do Santuário de Fátima.

Leia mais detalhes no E-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG