29 portugueses regressaram a Lisboa

Regressaram ontem 29 portugueses dos 106 contratados para a reparação de dois túneis em Aston, Inglaterra. Setenta e sete ficaram depois da empresa garantir que ia cumprir o contrato. Todos receberam 1150 euros cada um.

Os portugueses tinham sido contratados este mês em Portugal para a reparação de dois túneis rodoviários em Aston, Birmingham, mas as obras atrasaram-se e os que regressaram não chegaram a iniciar os trabalhos. Instalados em dormitórios da empresa, mas sem receber vencimento, denunciaram a situação à Embaixada de Portugal, em Londres, o que dizem ter sido fundamental para resolver a situação. A tal ponto que 77 acabaram por continuar em Aston e "estão satisfeitos", disse um trabalhador. Foram contratados para ganhar 3500 euros por mês por 12 horas de trabalho diário.

A Autoridade para as Condições do Trabalho e a homóloga inglesa estão a analisar os contratos e a investigar a empresa que tem representantes em Portugal. Querem averiguar se é uma empresa de recrutamento ou de trabalho temporário encapotado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG