PS diz que subida de rendimentos dos trabalhadores é para continuar

Partido Socialista alerta, no entanto, que o Governo não pode "dar todos os passos ao mesmo tempo"

A secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, disse hoje que o aumento de rendimentos dos trabalhadores é para continuar no próximo ano e meio, mas alerta que o Governo não pode "dar todos os passos ao mesmo tempo".

"O que queremos fazer no próximo ano é continuar o caminho da melhoria de vida dos nossos trabalhadores. Se aumentámos os rendimentos, fomos capazes de aumentar as pensões e devolver a dignidade no trabalho nos últimos dois anos e meio, no próximo ano e meio é para continuar esse trabalho", disse a dirigente socialista aos jornalistas, depois de ser questionada sobre a possibilidade de haver aumentos salariais em 2019.

Ana Catarina Mendes falava na praça do Martim Moniz, em Lisboa, onde, momento antes do arranque da manifestação do 1.º de Maio, se encontrou com o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, e com quem conversou e trocou argumentos sobre o que já foi feito e o que ainda falta fazer até ao final do mandato deste Governo.

Exclusivos