Milhares desfilam em Lisboa para lembrar que "trabalho é um direito"

Em passo lento, empunhando bandeiras e faixas, várias palavras de ordem em contexto de luta de trabalhadores fazem-se ouvir.

Milhares de pessoas estão a desfilar hoje pela avenida Almirante Reis, em Lisboa, para lembrar que "o trabalho é um direito" e que "a luta continua" porque "maio está na rua", numa marcha organizada pela central sindical CGTP-IN.

Marcada para sair do Largo do Martin Moniz às 14:30, era já perto das 16:00 quando o desfile do 1º de Maio passou ao lado do Intendente.

Na frente da marcha, segue o líder da Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional, Arménio Carlos, ladeado por outros membros da plataforma sindical.

Em passo lento, empunhando bandeiras e faixas, várias palavras de ordem em contexto de luta de trabalhadores fazem-se ouvir.

"A Luta continua. Maio está na rua", "É urgente, é necessário, o aumento do salário" ou "trabalho é um direito, sem ele nada feito" são algumas das frases ouvidas, enquanto caminham em direção à Alameda Dom Afonso Henriques, destino final desta marcha.

Exclusivos