Vítor Gaspar vai ao Conselho de Estado

O Presidente da República convidou o ministro das Finanças para se juntar à reunião do Conselho de Estado marcada para segunda-feira, revela o jornal Sol na sua edição online. "Quero ouvir os meus conselheiros", justificou Cavaco Silva acerca do encontro.

O Presidente da República escusou-se hoje, no final da cerimónia de entrega do Prémio Champalimaud 2012, a responder a questões dos jornalistas sobre a reunião do Conselho de Estado na próxima sexta-feira, explicando apenas que convocou este órgão porque quer "ouvir os conselheiros".

Cavaco convocou o órgão de consulta numa altura em que a coligação dá sinais de instabilidade e que o Governo está sob fogo cerrado por causa da proposta de aumento das contribuições para a Segurança Social - uma das traves mestras do que será o Orçamento do Estado para 2013.

Cavaco Silva presidiu hoje à entrega do Prémio Champalimaud 2012 e, no final da cerimónia, questionado pelos jornalistas sobre o motivo pelo qual convocou o Conselho de Estado, respondeu apenas: "Porque quero ouvir os meus conselheiros".

No comunicado, a presidência informa que o tema da reunião será a "resposta europeia à crise da Zona Euro e a situação portuguesa".

O convite a Gaspar denuncia que as medidas de austeridade negociadas com a troika estarão no centro da discussão.

O ministro das Finanças não tem assento no Conselho de Estado.

Não é a primeira vez que o Presidente chama outras personalidades para participarem na reunião daquele órgão, mas essa é uma situação excepcional.

O Orçamento do Estado para 2013 só dará entrada na Assembleia no dia 15 de Outubro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG