Vítor Bento foi para o BES sem deixar Banco de Portugal

O ex-presidente do Novo Banco voltou na segunda-feira ao Banco de Portugal (BdP) como consultor do Conselho de Administração, confirmou ao DN fonte oficial da instituição.

Vítor Bento, 60 anos, é quadro do banco central desde 1980, mas esteve "anos fora do Banco de Portugal" a exercer outras funções. E mesmo durante a presidência da administração do BES e do Novo Banco não perdeu esse vínculo.

O economista foi convidado para o Banco de Portugal em 1980, de onde sairia para ocupar vários cargos: foi diretor-geral do Tesouro, presidente do Conselho Diretivo do Instituto de Gestão do Crédito Público e assumiu a presidência da Sociedade Interbancária de Serviços (SIBS), em 2000, de licença sem vencimento, até sair para o BES.

Ao assumir a presidência deste banco, Bento pediu a reforma antecipada do BdP, opção que acabou por nunca concretizar, apesar de estar autorizado pelo organismo liderado por Carlos Costa.

Leia mais no DN e-Paper

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG