"Vida do Governo não depende do resultado das eleições"

Passos Coelho diz que estas "não são eleições menores", mas descarta uma leitura nacional da noite eleitoral de domingo. E reafirma que "a economia não voltará para trás"

O presidente social-democrata e primeiro-ministro disse hoje, num almoço-comício em Lamego da candidatura do PSD e CDS, que as eleições autárquicas de domingo "não são umas eleições menores", mas descartou a possibilidade de o Governo depender dos resultados da noite eleitoral.

Falando com um persistente ruído de fundo num pavilhão com 1550 pessoas a almoçarem, Passos Coelho foi taxativo a rematar o seu discurso. "A vida do Governo não depende do resultado destas eleições. Mas a vida dos portugueses depende dos autarcas que forem eleitos", afirmou.

Já antes tinha chutado para diante uma avaliação ao trabalho do Executivo. "Nós teremos a oportunidade de discutir o Governo e as eleições legislativas quando elas chegarem", afirmou, antecipando que domingo a escolha é dos autarcas, para as juntas de freguesia, câmaras e assembleias municipais.

Durante a intervenção, Passos voltou a insistir que "a economia não voltará para trás". E deixou farpas à oposição. "Uns parecem que regozijam com as más notícias, mas nós olhamos para as más notícias com mais responsabilidade."

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG