Vasco Cordeiro conquista Açores com maioria absoluta

O PS alcançou hoje uma maioria absoluta nas eleições regionais nos Açores, uma vez que elegeu 31 deputados dos 57 possíveis.

Resultados no Corvo

O PS e o Partido Popular Monárquico (PPM) repetiram hoje o resultado das eleições de 2008 e vão dividir os dois mandatos eleitos pela ilha do Corvo.

Pela primeira vez na história da autonomia dos Açores, o PSD não tem uma lista própria no Corvo, pelo que apoiou o cabeça de lista do PPM, Paulo Estevão, que renovou o seu mandato.

Com mais de 40 por cento dos votos, o cabeça de lista pelo PS Iasalde Fraga Nunes, empresário de restauração, de 37 anos, foi o outro eleito naquele que é o mais pequeno círculo da região, com apenas 350 eleitores, menos três que em 2008.

Resultados em Santa Maria

O Partido Socialista venceu hoje as eleições na ilha de Santa Maria ao eleger dois deputados contra um do PSD, o mesmo resultado que obteve em 2008, mas com um ligeiro aumento de votantes.

Há quatro anos, votaram em Santa Maria 2.059 pessoas (45,28%) e hoje foram às urnas 2.605 eleitores (50,05%).

O PS apresentou como cabeça-de-lista em Santa Maria Duarte Moreira, engenheiro zootécnico e presidente da Associação Agrícola de Santa Maria, enquanto o PSD indicou Aida Amaral.

Citando projeções da Universidade Católica, o canal público aponta para os seguintes intervalos:

PS com 48 a 52% dos votos (28 a 33 deputados, sendo que para a maioria absoluta são necessários 29)

PSD com 29 a 33% (17 a 21 deputados)

CDS com 6 a 9% (3 a 5 deputados)

CDU com 2 a 4% (1 ou 2 deputados)

Bloco de Esquerda com 2 a 4% (1 ou 2 deputados)

PPM com 1 a 2% (1 deputado)

Ainda segundo o mesmo estudo, a abstenção situar-se-á entre os 50 e os 55%

A projeção não garante que o candidato socialista tenha conquistado maioria absoluta.

Em 2008, o PS teve 30 deputados, com 49,92 por cento dos votos, seguindo-se o PSD, com 18 eleitos, e depois o CDS (5), o BE (2), a CDU (1) e o PPM (1). A abstenção foi a maior de sempre em eleições regionais, com 53,54 por cento.

Os resultados foram recebidos com aplausos e festa na sede de campanha do PS com aplausos enquanto que no PSD os poucos militantes que lá se encontravam estavam ficaram em silêncio quando foi divulgada a projeção da Universidade Católica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG