Vasco Cordeiro celebra vitória "saborosa"

O vencedor das eleições regionais açorianas, Vasco Cordeiro, expressou esta noite, no discurso da vitória que apelidou de "saborosa", o "interesse" de colaborar com outras forças sociais e políticas na definição das políticas da região.

Discursando ao lado da mulher, e depois de dar um abraço a Carlos César, o ainda líder do PS/Açores e o presidente do governo regional nos últimos 16 anos, Vasco Cordeiro afirmou que o escrutínio de hoje "orgulha a democracia e prestigia a democracia açoriana".

Saudando "os outros 11 partidos e coligações que com o PS disputaram esta eleição", Cordeiro afirmou que a democracia faz-se com o combate político de ideia, de propostas, de projetos e esses são corporizados pelos partidos políticos".

Cahamando "saborosa" à vitória que lhe garantiu 31 deputados de 57 possíveis (ler notícia relacionada), Vasco Cordeiro considerou que "estas eleições foram sobre o futuro dos Açores". "Um futuro que é árduo, mas é nosso."

Enumerando como desafios para a região a "criação de emprego, o apoio à família e empresas, a defesa dos idosos e dos sectores mais vulneráveis da sociedade", Cordeiro não esqueceu a necessidade do "equilíbrio das finanças públicas".

E para isso, "nesta tarefa de levar os Açores para a frente", repetiu mais do que uma vez: "Estamos mais do que disponíveis, estamos interessados em convocar todos os açorianos, todos os que individualmente ou de forma organizada, os parceiros sociais, tenham disponibilidade para trabalhar em conjunto" para vencer os desafios.

No fim, elegeu a sua primeira prioridade para a região, a criação de emprego.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG