Um quarto dos deputados tem segundo emprego pago

Página do Parlamento na Internet ainda tem em falta registos de interesses de 46 deputados. Falhas informáticas e erros são explicações dadas.

Menos de metade dos deputados estão em "exclusividade" de funções no Parlamento e um em cada quatro tem remuneração por um segundo emprego, de acordo com os registos de interesses disponíveis no site da Assembleia da República.

A maioria são juristas que trabalham em escritórios de advogados. Seguem-se professores universitários, economistas e comentadores.

Leia mais no e-paper do DN.

Exclusivos