Sindicatos entregam moção a Gaspar

Os dirigentes sindicais estiveram esta tarde concentrados em frente do Ministério das Finanças, em Lisboa, numa acção simbólica a que se juntaram também os ex-líderes da UGT, Torres Couto e João Proença.

A concentração simbólica visou mostrar a solidariedade entre trabalhadores e dirigentes sindicais. Os líderes das centrais sindicais entregaram no Ministério das Finanças uma moção, que apresenta os pressupostos da Greve Geral que hoje decorre em todo o País.

À saída Carlos Silva, atual líder da UGT, sublinhou que se não for alcançado acordo na Concertação Social este Executivo não tem condições para continuar e "vão pedir a demissão do Governo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG