PSD vota contra audição de Miguel Relvas

O PSD anunciou hoje que votará contra os pedidos de audição relativos ao caso que envolve o ministro Miguel Relvas e o jornal Público por considerar inoportuno o Parlamento tratar este assunto enquanto decorrerem averiguações na ERC.

Esta posição foi transmitida à agência Lusa pelo vice-presidente do grupo parlamentar do PSD Luís Menezes, que acusou os partidos da oposição de estarem a agir por "oportunismo político" ao pedirem para ouvir o ministro adjunto e dos Assuntos Parlamentares e jornalistas do Público em comissão parlamentar.

"Nós queremos que seja averiguada toda a verdade, confiamos inteiramente na Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC) para fazer essa averiguação e achamos que não é oportuno, neste momento, trazer o assunto para o Parlamento, a não ser por mera jogada de oportunismo político, e com isso nós não pactuaremos", afirmou Luís Menezes.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG