PSD quer saber o que fez procurador-geral sobre ex-Scut

Sociais-democratas querem saber se Pinto Monteiro tomou alguma iniciativa para investigar os contratos paralelos que terão sido omitidos ao Tribunal de Contas

Mendes Bota disse hoje que o PSD exige saber se o procurador-geral da República (PGR) tomou alguma iniciativa para investigar os acordos que foram alegadamente omitidos ao Tribunal de Contas e que significam um desvio nas contas das antigas Scut em 705 milhões de euros.

"Queremos que o PGR esclareça se, face às notícias que vieram a público, tomou alguma iniciativa para esclarecer este caso."

Recorde-se que os sociais-democratas já tinham dirigido uma pergunta a Pinto Monteiro. Mas, de acordo com o deputado do PSD e coordenador do partido na comissão de inquérito às parcerias público-privadas, o PGR deixou esta questão por eslcarecer.

Para Mendes Bota, este relatório agora conhecido não saiu há um ano por se estar em vésperas de eleições. O deputado considerou que as despesas são ilegais e quem assinou terá de assumir responsabilidades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG