PSD nega qualquer ligação político-partidária

O porta-voz do PSD, Marco António Costa, negou esta segunda-feira qualquer ligação político-partidária na escolha dos novos gestores do BES, explicando que estes são escolha dos acionistas, pelos seus currículos, autorizados pelo BdP.

O vice-presidente do PSD falou depois de um almoço de trabalho com seis dos sete autarcas sociais-democratas do Porto, e afirmou que "todos os portugueses têm perfeita consciência de que existe uma completa separação entre aquela que é a atividade do Banco de Portugal e a sua função de regulação e qualquer intervenção política, muito menos de natureza partidária".

"Faz parte de uma certa postura da oposição tentar lançar essas polémicas", desvalorizou, referindo-se às suspeitas lançadas pela oposição os nomes escolhidos para o BES, cuja administração executiva passa a ser presidida pelo economista Vítor Bento e a integrar o até agora presidente do IGCP, Moreira Rato.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG