PSD diz que é preciso "tirar ilações" da abstenção

José Matos Correia, vice-presidente do PSD, foi o escolhido para reagir à abstenção, que considerou "preocupante". Paulo Portas e Passos Coelho já chegaram à "base" da "Aliança Portugal". Em silêncio.

O vice-presidente do PSD José Matos Correia foi o escolhido para comentar a elevada taxa de abstenção, alertando para a necessidade de "tirar ilações" destes números. Matos Correia disse que as "europeias são olhadas de forma diferente" e que os partidos têm de ser "capazes de motivar" para este escrutínio europeu.

Pouco tempo após as declarações de Matos Correia, o vice-primeiro-ministro e líder do CDS, Paulo Portas, e o primeiro-ministro e líder do PSD, Pedro Passos Coelho, chegaram àquela que será a base dos partidos da coligação esta noite, o Hotel Myriad no Parque das Nações, em Lisboa. Nenhum dos dois quis prestar declarações

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG