PSD disposto a reformular perguntas em caso de chumbo

O deputado social-democrata Hugo Soares afirmou hoje que o PSD está disponível para reformular as perguntas da sua proposta de referendo sobre coadoção e adoção por homossexuais, se o Tribunal Constitucional considerar que elas desrespeitam a lei.

"É nosso entendimento que as perguntas são conformes à Constituição, mas estamos evidentemente a aguardar com expectativa e serenidade a decisão do Tribunal Constitucional. Se o Tribunal Constitucional entender que as perguntas devem ser reformuladas, nós cá estamos para, nesta opção política que é nossa de referendar esta matéria, referendar as perguntas, se necessário for", declarou Hugo Soares aos jornalistas, na Assembleia da República, numa declaração feita em nome do PSD.

Hugo Soares, presidente da organização de juventude social-democrata (JSD) e primeiro subscritor da proposta de referendo sobre coadoção e adoção de crianças por homossexuais que foi aprovada pelo PSD, considerou natural que o Presidente da República tenha enviado essa proposta para o Tribunal Constitucional.

"Este é um processo obrigatório, portanto, é com total naturalidade que vemos o envio das perguntas. Não há aqui nada de surpreendente, de facto", afirmou Hugo Soares, escusando-se a fazer "qualquer juízo interpretativo daquilo que foi a decisão do senhor Presidente da República".

Exclusivos