PSD aprovou voto de protesto contra Presidente da AR

A maioria do PSD no Parlamento da Madeira aprovou hoje um voto de protesto contra a Presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, por ter recebido o deputado madeirense do PTP José Manuel Coelho.

O deputado do PSD Tranquada Gomes criticou a "alegada solidariedade da Presidente da Assembleia da República para com o deputado José Manuel Coelho", referindo que existem dois parlamentos diferentes, sendo que em S.Bento os deputados "respeitam a autoridade da Mesa" e os seus pares.

Declarou que o deputado do PTP "tem sido notícia pelas piores razões", tendo este partido um grupo de deputados que "sistematicamente desrespeita a autoridade da Mesa".

Os restantes partidos da oposição votaram contra e o líder parlamentar do CDS-PP, o maior partido da oposição, Lopes da Fonseca, salientou que "a Assembleia da República é uma instituição soberana" e que "a linguagem utilizada neste voto não dignifica a segunda figura da Nação, sendo ofensiva".

José Manuel Coelho (PTP) disse que este voto demonstra que o "PSD está mais preocupado com 'fait-divers' do que com os problemas dos madeirenses".

A Assembleia Legislativa da Madeira decidiu ainda, com 30 votos favoráveis, 11 contra, três nulos e um branco, o levantamento da imunidade parlamentar ao deputado José Manuel Coelho do PTP, a pedido do Tribunal Judicial do Funchal, para responder por factos aferidos entre 23 e 25 de agosto de 2011, antes de ser eleito.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG