PSD aguarda "com serenidade" uma decisão de Cavaco

O dirigente social-democrata Jorge Moreira da Silva defendeu hoje que a coligação PSD/CDS-PP garante estabilidade e afirmou que o seu partido aguarda "com serenidade e confiança" a avaliação do Presidente da República.

Questionado sobre o que Cavaco Silva poderá fazer, na sequência do falhanço de um acordo entre PSD, PS e CDS-PP, Jorge Moreira da Silva escusou-se a fazer "qualquer declaração que possa ser vista como um condicionamento", respondendo apenas que "este é o tempo do senhor Presidente da República".

Jorge Moreira da Silva, que liderou a delegação do PSD no processo de conversações com o PS e o CDS-PP, fez estas declarações na sede dos sociais-democratas, em Lisboa, numa conferência de imprensa em que apenas respondeu a duas perguntas.

"Hoje, mais importante do que o desacordo entre os três partidos, é a garantia de estabilidade, de coesão e de empenhamento da coligação PSD/CDS-PP no cumprimento de objetivos celebrados por Portugal e na criação de condições para o crescimento e emprego que importa destacar", sustentou o primeiro vice-presidente e coordenador da direção nacional do PSD.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG