PSD admite obrigar políticos a dizer se são maçons

CDS considera proposta inconstitucional. Socialistas não tomam iniciativa

Paula Teixeira da Cruz veio pôr ontem mais um grão na engrenagem da coligação e no próprio PSD ao abrir a porta à ideia de obrigar os políticos a dizer se fazem ou não parte de organizações secretas e regidas por princípios de obediência, como a maçonaria.

A minista da Justiça afirmou que, "em democracia, os titulares de cargos políticos devem dar exemplo na transparência da sua vida pública e tudo o que possa intercetar a vida pública, designadamente quando há situações de obdiências terceiras".

Leia mais no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG