PS recomendou "prudência" na saída de Portugal

O PS considerou hoje que a sua recomendação de "prudência" sobre a solução a aplicar em Portugal no final do Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF) foi "bem acolhida" pelos representantes da 'troika'.

A posição foi assumida pelo dirigente socialista Óscar Gaspar no final da reunião do PS com a delegação da 'troika' (Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e Comissão Europeia) que durou cerca de 70 minutos e que se realizou no âmbito da 11.ª avaliação ao programa de assistência.

"Neste momento recomenda-se prudência. Essa ideia foi bem acolhida na reunião de hoje", declarou Óscar Gaspar em conferência de imprensa, no final de uma reunião em que esteve presente o secretário-geral do PS, António José Seguro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG