PS exige ouvir ERSE sobre anomalias nos contadores da luz

O PS quer ouvir "com caráter de urgência" o presidente da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), Vítor Santos, na comissão de Economia e Obras Públicas sobre o modo como é feita a contagem da eletricidade em Portugal.

De acordo com o requerimento enviado ao presidente da comissão parlamentar, Luís Campos Ferreira, o PS refere que "as anomalias relacionadas com contadores de tarifa bi-horária e tri-horária instalados pela EDP levaram o grupo parlamentar a pedir a audição, com carácter de urgência, do presidente da ERSE, para que seja esclarecida a desconfiança sobre o modo como é feita a contagem da energia elétrica em Portugal".

O PS entende que as anomalias verificadas nos contadores de eletricidade "terá lesado milhares de consumidores em mais de 1,5 milhões de euros" devendo a ERSE "estabelecer um regime de compensação dirigido a esses utilizadores".

O grupo parlamentar socialista quer ainda questionar Vítor Santos sobre as causas das anomalias detetadas, o período em que decorreram, o número de consumidores afetados, os exatos valores pecuniários envolvidos e as medidas adotadas para ressarcir os consumidores lesados.

Os deputados pretendem igualmente ouvir o presidente da ERSE sobre os aumentos do gás natural e da eletricidade, que deverão vigorar a partir de 01 de Julho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG