PS e BE forçam inquérito ao BPN

PS e BE voltam à carga com o inquérito parlamentar ao negócio de venda do BPN que o PSD chumbou no Parlamento.

Os partidos da oposição avisaram que vão recorrer ao direito potestativo para forçar uma comissão de inquérito parlamentar para apurar os contornos do negócio. "Queremos fazê-lo antes de o negócio estar concluído", afirmou Pedro Nuno Santos. O deputado socialista lembrou que o Estado injetou mil milhões de euros no banco depois de ter acertado a venda por 40 milhões ao BIC. "Não está claro que este seja o melhor negócio", acrescentou.Pedro Nuno Santos afirmou que o documento ainda está a ser redigido, mas avançou que o inquérito vai concentrar-se no processo de alienação.A intenção do PS foi anunciada durante um debate no plenário e em resposta a uma declaração política de João Semedo, deputado do BE.Recorde-se que foram os bloquistas que avançaram com o primeiro requerimento para a criação de uma comissão de inquérito.A proposta foi chumbada com os votos do PSD. O CDS, parceiro de coligação, absteve-se na votação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG