PS acusa Passos Coelho de criticar "asperamente" juízes do TC

O PS acusou hoje o primeiro-ministro de criticar "asperamente" quem faz cumprir a Constituição e disse que Passos Coelho não é analista para fazer análises das decisões do Tribunal Constitucional.

Numa conferência de imprensa realizada na sede do partido, em Lisboa, o vice-presidente da bancada parlamentar do PS apontou que as declarações hoje feitas pelo primeiro-ministro no encerramento da Universidade de Verão do PSD "são preocupantes".

"São declarações preocupantes quer da perspetiva que o primeiro-ministro tem do Estado de direito quer em termos de opções que vão castigar muito, quem muito castigado já tem vido a ser por este Governo", disse Basílio Horta.

Na opinião do deputado socialista, Passos Coelho "não se limita a não cumprir a Constituição".

"Agora critica asperamente quem a faz cumprir, ou seja os juízes do Tribunal Constitucional", apontou.

Defendeu, por outro lado, que não cabe ao primeiro-ministro fazer análise das decisões do Tribunal Constitucional, uma vez que não é analista e "não pode fazer análise desprendida da posição que ocupa".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG