PS aceita reunir com Governo sobre investimentos

Executivo já enviou "parte dos estudos" pedidos pelos socialistas, que responderam esta quarta-feira à tarde ao ministro da Economia dizendo estarem "reunidas condições mínimas" para se reunirem.

O dirigente socialista Eurico Brilhante Dias enviou esta quarta-feira à tarde a carta de resposta ao ministro da Economia, Pires de Lima, a disponibilizar-se, em nome do PS, para uma reunião, "a partir já de amanhã" [quinta-feira], depois do Governo ter enviado "parte dos estudos", do Grupo de Trabalho de infraestruturas públicas, pedidos pelos socialistas.

Perante este envio, o PS nota que "estão agora finalmente reunidas as condições mínimas" para se reunirem. Mas os socialistas deixam dois reparos à documentação enviada pelo Ministério da Economia.

"Queremos deixar claro que o facto de parte dos estudos por nós solicitados não existir, limita a desejável apreciação aprofundada sobre esta matéria. Não devemos utilizar dinheiros públicos, dinheiro dos contribuintes, sem estudos custo-benefício ou sem estudos sobre o impacto dos projetos em termos de economia e de emprego."

Por outro lado, Eurico Dias aponta outra "fragilidade": "O grande atraso com que o Governo lançou este debate." A proposta, argumenta o dirigente do PS, tem de estar em Bruxelas "até ao final do mês" e os resultados do Grupo de Trabalho só foram divulgados de 28 de janeiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG