"Próximo mandato poderá ser histórico"

Helena Roseta, candidata à Assembleia Municipal de Lisboa na coligação liderada pelo socialista António Costa, considerou na noite deste domingo que o próximo mandato poderá ser "histórico" e atribuiu a vitória expressiva ao trabalho desenvolvido durante os últimos quatro anos.

"Um resultado destes não se consegue numa noite, nem numa campanha eleitoral, consegue-se com quatro anos de muito trabalho, dedicação e energia", salientou a líder do movimento independente Cidadãos por Lisboa que integra, a par do movimento Lisboa é Muita Gente de José Sá Fernandes, a lista socialista. Por isso, a até agora vereadora da Habitação realçou que se trata de uma vitória do PS Mais.

"É uma lição", sublinhou, elogiando o espírito de abertura e criticando os partidos que, à esquerda, rejeitaram a existência de qualquer acordo. "Não sabem o que estão a perder", afirmou a autarca.

Numa altura em que os resultados estão ainda a ser apurados, Helena Roseta revelou que, contrariamente ao que aconteceu no último mandato, a coligação Juntos Fazemos Lisboa terá "certamente maioria na Assembleia Municipal". "É importante para viabilizar o governo de uma cidade como Lisboa", lembrou.

A autarca adiantou ainda que a candidatura PS Mais conquistou a nova freguesia de Santa Maria Maior, que resulta da agregação de 12 freguesias no centro histórico da capital. A reforma administrativa foi aprovada no último mandato e vai significar, pela primeira vez, uma "gestão partilhada" da capital.

Segundo as projeções avançadas às 20.00 pelas televisões, a coligação liderada por António Costa poderá conseguir a maioria absoluta, conseguindo entre dez e 11 deputados. O autarca só deverá falar quando forem apurados todos os resultados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG