Protestos na Régua contra " privatização " da Casa do Douro

A Casa do Douro foi esta quarta-feira o motivo dos protestos dos viticultores da cidade da Régua, que se opõem à sua " privatização " e consequente " extinção".

Viticultores protestaram hoje, na Régua, contra a "privatização" que vai levar "à extinção" da Casa do Douro (CD), reivindicando mais competências para o organismo que dizem ser o defensor dos pequenos e médios produtores da região demarcada.

Os sinos instalados num trator encabeçavam o protesto que juntou alguns veículos, agrícolas, automóveis, carrinhas e viticultores que seguiam a pé, empunhando cartazes onde se podia ler "O Governo e as exportadoras estão a matar a CD", "Não ao roubo do nosso património" ou a "A CD é nossa".

Esta foi mesmo a frase que mais se ouviu esta manhã nas ruas da Régua. Os manifestantes acabaram por se concentrar em frente à sede da instituição duriense, onde se juntaram também alguns autarcas da mais antiga região demarcada do mundo, bem como funcionários da CD que possuem vários meses de salários em atraso

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG