PR apela a respeito por decisões do TC "aqui e lá fora"

O Presidente da República apelou esta sexta-feira a que se respeitem as decisões do Tribunal Constitucional "aqui" e "lá fora" e afirmou que seria "bom" que as forças políticas se entendessem sobre o Orçamento do Estado para 2014.

"Deixem o tribunal fazer o seu trabalho e respeitemos todos as suas decisões aqui e lá fora", apelou Cavaco Silva, em Braga, à margem de uma visita ao mosteiro de S. Martinho de Tibães.

Sobre a necessidade de consenso entre as várias forças políticas, Cavaco Silva apontou que as "mais variadas entidades" apelam a um entendimento porque "estão convencidos" que sem esse acordo a situação do país "será pior" no futuro.

"Seria bom que as forças políticas se entendessem. Assistimos às mais variadas entidades a apelarem a um consenso político alargado, não é apenas o Presidente da República", apontou.

Segundo Cavaco Silva este apelo generalizado tem explicação.

"Todos, todos estão convencidos que sem um acordo alargado entre as forças politicas para o médio prazo a situação do país e dos portugueses será pior no futuro", respondeu.

Aliás, Cavaco fez mesmo um apelo. "Se não ouvem o Presidente da Pepública convido a darem ouvido ao Conselho Económico e Social, onde estão patrões, sindicatos, universidades, onde estão instituições das mais variadas", disse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG