Portugal assumiu vigilância e defesa aérea dos Bálticos

Portugal assumiu esta terça-feira a liderança da missão NATO de vigilância e defesa aérea dos países bálticos, informou o Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA).

A assumpção formal da responsabilidade pela missão ocorreu ás 10..00 de Lisboa, meio-dia na Lituânia, onde está sedeado o destacamento aéreo de seis caças F-16 e 70 militares.

Esta operação militar de defesa e vigilância aérea (air policing, em inglês), que abrange o espaço da Lituânia, Letónia e Estónia, vai manter-se sob responsabilidade portuguesa durante quatro meses.

Esta é a segunda vez que Portugal assume a responsabilidade desta missão, depois da realizada em 2007, na qual conta com a participação de meios aéreos da Alemanha, Canadá e Holanda, adiantou o EMGFA.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG