Paulo Macedo rejeita hipótese de substituir Vítor Gaspar na pasta das Finanças

O ministro Paulo Macedo rejeitou hoje a hipótese de substituir Vítor Gaspar caso este abandone a pasta das Finanças e manifestou "total solidariedade" com o primeiro-ministro.

Questionado pelos jornalistas que o acompanham numa vista oficial à Arábia Saudita, sobre se estaria disponível para ocupar a pasta das Finanças, tendo em conta que tem sido apontado como como potencial sucessor de Vitor Gaspar, Paulo Macedo respondeu que "essa situação não está em cima da mesa, o Governo está a desempenhar as suas funções, obviamente com enormes dificuldades acrescidas desde estes últimos acontecimentos, mas essa questão não se levanta. Não tem razão de ser".

Paulo Macedo insistiu que, no atual momento, o cenário da sua indigitação para a pasta das Finanças não se coloca.

"Posso dizer que não está em cima da mesa. O meu compromisso é com a pasta em que estou, na Saúde, a desempenhar o trabalho que estou a fazer e obviamente numa total solidariedade com o Conselho de ministros e o primeiro-ministro", reafirmou.

Paulo Macedo conclui hoje uma vista de dois dias à Arábia Saudita num encontro entre empresários sauditas e portugueses no Conselho das câmaras de comércio sauditas.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, vai fazer uma declaração ao país às 18:30 de hoje, um dia depois de o Presidente da República ter reiterado que o Governo tem condições para cumprir o mandato.

A declaração de Passos Coelho acontece na sequência da reunião extraordinária do Conselho de Ministros de sábado e da audiência que o primeiro-ministro manteve com o Presidente da República, a seu pedido, segundo o gabinete do chefe do Governo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG