Passos tem "todo o gosto que escutas sejam públicas"

Passos Coelho reagiu à notícia do 'Expresso' declarando que tem "todo o gosto que essas escutas sejam tornadas públicas".

No final da reunião do Conselho Nacional do PSD, o primeiro-ministro disse que, "além de sentir dificuldade em fazer qualquer comentário sobre a matéria", já que "o jornal parece ter mais informação e eu não tenho nenhuma", garantiu não ter "receio de nenhuma coisa que tenha dito em conversas privadas ou telefónicas".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG