Passos fez o discurso de Natal mais otimista desde que está em S. Bento

Primeiro-ministro garantiu que vem aí o ano do crescimento e do "alívio fiscal". Mensagem de Natal de ontem foi a mais otimista desde que está em S.Bento.

Naquela que é a quarta e a mais otimista das mensagens de Natal de Passos Coelho desde que está em São Bento, o primeiro-ministro anunciou a chegada de uma "nova fase": acabaram-se as "nuvens negras no horizonte" dos portugueses. O chefe do executivo garantiu que o país tem agora condições para "crescimento, aumento do emprego e recuperação dos rendimentos das famílias".

O discurso de ontem passou muito mais por um pretérito (perfeito, do ponto de vista da autoavaliação feita à atuação do governo) em detrimento do futuro. A mensagem do "temos de fazer" passou a "fizemos". Em 2011, no primeiro Natal troikista, Passos pedia "fôlego para grandes tarefas", num apelo reformista. Ontem, o primeiro-ministro lembrou que foram "muitas as políticas de reforma (...) Fortalecemos o Serviço Nacional de Saúde, fizemos reformas profundas na Justiça e descentralizámos a ação social do Estado".

Leia mais na edição impressa ou em DN e-paper.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG