"Paridade absoluta" no órgão máximo entre congressos

A próxima Mesa Nacional do BE terá "paridade absoluta" entre homens e mulheres, com 50 por cento de elementos de cada género, anunciou este sábado o coordenador bloquista João Semedo.

"O Bloco de Esquerda tem tido na matéria de género um papel muito ativo, e decidimos dar esse passo", afirmou João Semedo em conferência de imprensa, durante a Mesa Nacional, o órgão máximo do partido entre convenções, que se reuniu hoje em Lisboa.

A Mesa Nacional aprovou o regulamento da IX Convenção do BE, que decorrerá nos dias 22 e 23 de novembro, em Lisboa.

João Semedo revelou ainda que pela relação que aprovaram, pelo número de delegados e aderentes, a próxima Convenção "será a mais participada" de sempre nos 15 anos de existência do BE.

Questionado sobre a continuação de modelo de liderança paritária (com dois coordenadores), João Semedo respondeu que a questão não foi discutida na Mesa Nacional, mas esclareceu que a figura dos coordenadores não tem "dimensão estatutária" e que, na Convenção, "cada lista tem liberdade" para apresentar o modelo de coordenação que entender.

As listas à direção do Bloco são apresentadas na Convenção, de acordo com as regras aprovadas, disse.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG