Pais do Amaral: Demissão "é boa se contribuir para estabilidade"

O empresário Miguel Pais do Amaral considerou hoje que o pedido de demissão apresentado pelo ministro Miguel Relvas pode ser positivo, caso ajude a estabilizar o Executivo de Passos Coelho num momento particularmente conturbado em Portugal.

Questionado pela Lusa, à margem da apresentação dos resultados da Reditus, na bolsa de Lisboa, sobre o pedido de demissão apresentado pelo ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Pais do Amaral começou por afirmar que "na situação que o país está a atravessar, qualquer momento de instabilidade é negativo".

Mas acrescentou: "Se esta demissão contribuir para dar mais estabilidade ao Governo, é boa para o país".

Na opinião de Pais do Amaral, cabe agora a Passos Coelho "encontrar um sucessor" para Relvas, de forma a minimizar a tensão política que se vai desenhando em Portugal.

Nesta semana, já foi discutida a moção de censura apresentada pelo PS, o maior partido da oposição, ao Governo formado pela coligação PSD e CDP-PP, e aguarda-se a decisão do Tribunal Constitucional sobre o Orçamento de Estado para 2013.

"É muito importante a decisão do Tribunal Constitucional", afirmou Pais do Amaral.

"Precisamos de um Governo com responsabilidade neste período. É muito importante que o país recupere a sua credibilidade externa, para possibilitar que a economia se desenvolva", salientou o gestor.

Segundo Pais do Amaral, Portugal só tem a ganhar com a continuidade do atual Governo.

"Só é possível recuperar a credibilidade internacional se o Governo continuar", defendeu o empresário.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG