Optimus recorre de condenação de 600 mil euros

A Optimus vai recorrer da decisão do Tribunal da Concorrência que aplicou à operadora uma coima de 600 mil euros pela divulgação dos registos telefónicos do ex-jornalista do Público Nuno Simas, disse fonte oficial da empresa.

"Ao aplicar uma coima de 600 mil euros, valor mais de sete vezes inferior ao valor avançado pela CNPD (4,5 milhões) não só demonstram que as suas acusações eram infundadas como irracionais os montantes das contraordenações. Não obstante, a Optimus vai recorrer da decisão do tribunal da Concorrência, Supervisão e Regulação", disse à Agência Lusa fonte oficial da empresa.

Exclusivos