"Nunca outro Governo nomeou tão pouca gente"

O primeiro-ministro Pedro Passos Coelho garantiu hoje que nunca houve em Portugal um Governo que tenha assumido "tanta transparência" nas nomeações do Estado

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje que nunca houve em Portugal um Governo que tenha assumido "tanta transparência" e "clarificação de regras" nas nomeações do Estado como o atual Executivo.

Pedro Passos Coelho falava em Lisboa aos jornalistas, à margem de um almoço de trabalho com embaixadores árabes em Portugal.

Questionado sobre as notícias que têm sido divulgadas sobre nomeações de cargos públicos, Pedro Passos Coelho, foi perentório:"Julgo que nunca houve um Governo em Portugal que tivesse assumido com tanta transparência e com clarificação de regras tão intensa tudo o que envolve nomeações no aparelho do Estado".

O primeiro-ministro sublinhou que "nunca nenhum outro Governo disponibilizou tanta informação" sobre as nomeações.

"Garanto que nunca outro Governo nomeou tão pouca gente", concluiu Passos Coelho.

O Governo esclareceu hoje que dos quase 1.110 despachos publicados em Diário da República respeitantes a nomeações, "apenas cerca de 190 correspondem a novas nomeações", acrescentando que estes números excluem os gabinetes dos ministros e secretários de Estado.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG