"Não faz sentido convidar o PS", diz PCP

O PCP considera que não faz sentido convidar o PS, que está empenhado em garantir a sobrevivência da maioria PSD/CDS, para um Governo de esquerda. Jorge Cordeiro, da Comissão Política comunista, afirma que o PCP não recusa o diálogo "com ninguém desde que estejam claros os objetivos e os propósitos que norteiam esse mesmo diálogo". Porém explica que "não é possível falar em concretização de políticas de esquerda num momento em que um dos partidos referenciados [o Partido Socialista] está mais empenhado em fazer sobreviver a política de direita e em fazer sobreviver este Governo"

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG