Moedas soube dos problemas no BES e GES em maio de 2014

Ex-secretário de Estado confirma reunião com Salgado e nega ter intercedido junto do ministro da Justiça do Luxemburgo por causa dos processos às empresas do GES.

O antigo secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro Carlos Moedas confirmou que esteve reunido com Ricardo Salgado, ex-presidente executivo do Banco Espírito Santo (BES), a 2 de maio do ano passado. Foi nessa data, explica o atual comissário europeu nas respostas que enviou à comissão de inquérito ao BES, às quais o DN teve acesso, que soube dos problemas no banco e no Grupo Espírito Santo (GES).

"Tive conhecimento de dificuldades no BES/GES por ocasião da reunião de 2 de maio", confessa Moedas na sequência de uma questão colocada pelo PS, embora realce que não estava a par da "gravidade dessas mesmas dificuldades", que diz ter conhecido através da comunicação social.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG