Ministro sem condições para conduzir processo, diz PS

O deputado Jorge Fão (PS) afirmou esta quarta-feira que o ministro da Defesa "não tem condições, não tem autoridade nem moral" para continuar a conduzir o dossier dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC).

Falando no final da audição do ministro José Pedro Aguiar-Branco na Comissão parlamentar de Defesa, a que assistiram membros da comissão de trabalhadores dos ENVC, Jorge Fão frisou que o fecho da empresa e a subconcessão dos terrenos e infraestruturas revelam uma "opção ideológica de querer libertar" o Estado daquela empresa.

Foram dois anos e meio de "incompetência, incapacidade e gestão danosa", acusou Jorge Fão, criticando Aguiar-Branco por nunca ter visitado os ENVC nem ido a Bruxelas ou Estrasburgo para fazer "ação política" em defesa da continuidade da empresa.

"O pecado mortal deste Governo foi não ter admitido outra solução que não fosse o encerramento" dos ENVC e o despedimento dos 609 trabalhadores, insistiu o deputado socialista.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG