Ministro "convicto de que sinais positivos se vão repetir"

O ministro da Economia sublinhou esta tarde o "milagre" de empresas que crescem em condições "adversas".

Pires de Lima manifestou-se "convicto" de que os sinais positivos da economia e os índices de confiança dos consumidores se "repitam no 3.º trimestre" e "se mantenha a tendência de crescimento" que se te vindo a verificar. Na qualidade de dirigente do CDS-PP, Pires de Lima visitou hoje uma complexo fabril, em Albergaria-a-Velha, com o candidato centrista aquela autarquia, António Loureiro. "Tenho pena que as boas notícias para Portugal sejam apenas valorizadas pelo Governo. O que é bom para o país devia também ser bom para a oposição", declarou.

A fábrica palco da ação de campanha era do grupo Alberplas / Polivouga, com 460 trabalhadores, 150 milhões de faturação e uma média de crescimento sustentado de 10%, desde 2001. "A economia portuguesa está a dar a volta e é preciso proteger os sinais positivos que se verificaram no 2º trimestre deste ano", salientou o Ministro. Dando como exemplo aquele complexo industrial, o presidente do Conselho Nacional do CDS, valorizou o "trabalho das empresas e o mérito dos trabalhadores" que propiciam um "autêntico milagre" quando "em circunstâncias tão adversas conseguem contribuir para o crescimento da ecnomia". Pires de Lima reforçou a necessidade, que tem vindo a ser denfendida nesta campanha pelo líder do CDS-PP, Paulo Portas, de "ter autarcas de contas certas que saibam atrair o investimento". aproveitou para elogiar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG